Brigada Militar auxilia na vacinação da gripe recebendo os idosos no quartel para evitar aglomeração

528

Idosos que procuram vacina contra a gripe no Partenon estão sendo atendidos em quartel da BM

Medida na Unidade de Saúde Bananeiras serve para evitar aglomeração em um único ponto

Com a orientação de usar a criatividade para evitar aglomeração durante a etapa de vacinação contra a gripe, o coordenador de uma unidade de saúde do bairro Partenon, em Porto Alegre, olhou para o vizinho para conseguir atender profissionais da saúde e idosos.

Ao lado do posto, funciona o Comando dos Órgãos Especiais da Brigada Militar (COE). Na manhã desta segunda-feira (23), idosos que procuraram receber a vacina foram atendidos em uma sala especialmente preparada dentro do quartel.

– Ainda não se sabe como será a procura hoje, mas tínhamos a preocupação de os idosos não ficarem expostos a outras pessoas que viessem ao posto – explicou Luiz Fernando de Mattos, coordenador da Unidade de Saúde Bananeiras.

Na sede do posto, localizado na Rua Aparício Borges, estão sendo atendidos profissionais de saúde e crianças que necessitem de vacinas do calendário. Já os idosos estão sendo atendidos no quartel.

– A Brigada Militar tem que estar onde a comunidade está, e atuar em ações de prevenção a qualquer tempo. Os agentes de saúde fazem um trabalho de abnegação e alto risco e é importante podermos colaborar – destacou o coronel Antônio Carlos Maciel Rodrigues Junior, comandante do COE.

A busca pelo apoio ocorreu na sexta-feira. O quartel está funcionando com efetivo em regime de escala especial por causa das medidas preventivas em relação ao coronavírus.

Para atender as necessidades do posto vizinho, o coronel Maciel disponibilizou uma sala grande e arejada. Cinco policiais militares se ofereceram como voluntários para ajudar no trabalho.

Os idoso que chegam têm acesso direto ao local e podem esperar sentados.

Campanha Nacional da Vacinação contra a Gripe

Nesta segunda-feira (23), começou a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe em todo o país, antecipada em razão da pandemia de coronavírus.

Na primeira fase, serão priorizados os idosos e profissionais da saúde, que estão mais vulneráveis à covid-19. Alguns municípios terão esquema diferenciado, pois têm autonomia para isso.

Na Capital, a partir da quarta-feira (25), idosos poderão se vacinados também em farmácias. Os pontos de imunização nas farmácias ainda serão divulgados.