Banrisul decide prorrogar operações de crédito consignado do funcionalismo estadual

4689

Na tentativa de atenuar as dificuldades enfrentadas pelos servidores públicos do Estado em razão da crise desencadeada pelo coronavírus, o Banrisul anunciou, neste domingo (12), a decisão de prorrogar operações de crédito consignado (descontado em folha) contratadas pelo funcionalismo estadual. A medida, cujos detalhes serão informados nos próximos dias, valerá tanto para profissionais ativos quanto inativos.

Em nota, o banco informou que tomou a decisão por ser “solidário ao momento difícil que a sociedade está enfrentando”. No caso dos servidores estaduais, a situação é dramática. 

Devido à queda na arrecadação de ICMS provocada pela paralisação da economia (estimada em R$ 700 milhões só neste mês), o governo do Estado se viu obrigado a atrasar ainda mais o pagamento da folha do Executivo. Os salários de março, segundo calendário divulgado pela Secretaria Estadual da Fazenda, deverão ser totalmente quitados apenas em 30 de abril, quando já deveriam ser depositados os valores dos contracheques do mês corrente.

Ciente das dificuldades, o banco vai possibilitar a prorrogação de três parcelas dos contratos em andamento. Segundo o comunicado oficial, a instituição “ainda está definindo a melhor forma de sistematizar a operacionalização e divulgará amplamente a data a partir da qual estará disponível essa solução, bem como os canais de solicitação para os servidores interessados”.