Governo paga parcela de R$ 1,5 mil do salário de maio nesta sexta-feira

1506

Em mais um mês com dificuldades para pagar os salários do funcionalismo, o governo inicia, nesta sexta-feira (12), o pagamento por parcelas dos vencimentos de maio. Até agora, só quem ganha até R$ 1,5 mil líquidos recebeu os valores – eles foram repassados de forma integral na última quarta-feira (10).

A partir de agora, o restante dos pagamentos será feito no sistema de parcelas a todos os servidores que ganham acima deste valor. Nesta sexta-feira (12), o governo deposita a primeira, de R$ 1,5 mil.

Depois disso, os servidores ficam um período de 18 dias sem receber nenhum tipo de repasse. Somente para o dia 30 de junho há previsão de depósito de R$ 700. No dia 10 de julho, deve ser feito novo pagamento no valor de R$ 800, quitando os salários de quem recebe até R$ 3 mil líquidos.

A previsão é de que a folha de maio só seja quitada no dia 13 de julho, com o pagamento do saldo restante. Esta é a data em que o governo federal promete repassar a segunda parcela da ajuda emergencial. Esses valores permitem à equipe da Fazenda planejar o pagamento dos salários, já que a perspectiva para os próximos meses é de arrecadação abaixo do orçado.

A quinta parcela do 13º salário de 2019 foi paga no dia 29 de maio.

Salários de maio

  • 10/06: pagamento integral para quem ganha até R$ 1,5 mil, o que equivale a 23% dos vínculos (pago)
    Início do sistema por parcelas
  • 12/06: parcela de R$ 1,5 mil
  • 30/06: parcela de R$ 700, quitando 44% dos vínculos
  • 10/07: parcela de R$ 800, quitando 57% dos vínculos
  • 13/07: quitação dos salários, com o pagamento do saldo

Fonte: GaúchaZH / Bibiana Dihl