Em uma verdadeira peregrinação junto ás lideranças políticas na Assembleia Legislativa,  os Presidentes da ABAMF e ASSTBM, José Clemente e Aparício Santelano, buscam esclarecer aos Deputados Estaduais, sobre a inconstitucionalidade da proposta apresentada pelo Governador Eduardo Leite, PLC 05/20, que trata de alíquotas progressivas para a previdência dia Militares Estaduais no Rio Grande do Sul, em desacordo com a legislação federal aprovada em 2019. Dentre as informações, os Presidentes alertam os Deputados sobre as consequências se vier a aprovação da matéria, entre elas uma enormidade de ações judiciais contra o Estado, causando um passivo para mais uma vez a conta ser paga pela população gaúcha, que também arcará com as custas processuais de destas ações, alertam os Presidentes.

Esta é hora de união de todos, pois a proposta atingirá, se não de imediato mas num futuro próximo, TODOS os servidores da Brigada Militar e dos Bombeiros Militares. Diante desta situação pedimos para todos os servidores em suas localidades que façam contatos com suas lideranças políticas para convencimentos dos deputados da inconstitucionalidade e dos prejuízos ao Estado se a proposta for aprovada.

Deputado Edson Brum afirmou seu compromisso de ficar ao lado da Segurança Pública, como tem demostrado em suas ações (CLIQUE NA IMAGEM)