A ASSTBM, juntamente com as demais entidades da segurança pública convidadas pelo Governo do Estado, participou de uma reunião conjunta no centro administrativo do Estado, com a presença do Governador Delegado Ranolfo, o líder do governo na AL deputado Frederico Antunes, o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa e os Comandantes da Brigada Militar, Cel Feoli e Cmt do Bombeiros, Cel Luiz.

A pauta foi sobre a reposição das perdas inflacionárias onde o governo apresenta como índice possível na sua análise que é de 6%.

Foi afirmado pelo Procurador do Estado, Eduardo Cunha, que a reposição não será absolvida pela parcela de irredutibilidade e que será aplicada sobre o soldo TOTAL ( subsídio + Parcela autônoma)

VEJA ABAIXO O VÍDEO DO MOMENTO DESSA INFORMAÇÃO

Declaração do Procurador

As entidades não concordam com o índice oferecido, muito abaixo das perdas salariais sofridas no período. Segundo o governo esse é o indicador possível sem comprometer as finanças do estado.

As entidades negociarão individualmente por categoria na busca de índices melhores