BM confirma morte de soldado que participava de curso de instrução aquática do BOPE, no Rio Jacuí

651

Lucas Aquino de Oliveira, de 28 anos, que estava internado, desde a tarde de ontem, Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Porto Alegre

Na manhã desta sexta-feira, a Brigada Militar (BM) confirmou a morte do soldado Lucas Aquino de Oliveira, de 28 anos, que estava internado, desde a tarde de ontem, no Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Porto Alegre. Segundo a corporação, ele participava de uma instrução aquática, coordenada pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE), no Rio Jacuí, quando submergiu e não voltou à superfície.

Em nota, a BM afirmou que, após encontrar o corpo do homem, submerso nas águas, foram prestados os primeiros socorros. A instituição afirmou, no texto, que presta assistência à família do oficial, que era natural de Santa Maria. A fatalidade também foi lamentada em uma manifestação oficial do BOPE.

Através das redes sociais, o Governador Ranolfo Vieira Junior prestou solidariedade à família e aos colegas do soldado. O chefe do Executivo Estadual afirmou que ‘não vai medir esforços’ para averiguar o ocorrido.

Confira a nota da Brigada Militar

“A Brigada Militar comunica a respeito de acidente ocorrido na tarde de quinta-feira, 3 de novembro, durante instrução do Curso de Especialização em Operações Especiais.

Em atividade de natação utilitária, no rio Jacuí, em Porto Alegre, o soldado Lucas Aquino de Oliveira, de 28 anos, submergiu. Assim que perceberam que o soldado não retornava à superfície, foram enviados todos os esforços para encontrá-lo.

​Ao ser encontrado, o soldado foi socorrido e levado ao Hospital de Pronto Socorro, onde está sendo atendido. A Brigada Militar está prestando todo o auxílio de suporte médico ao militar e assistência à família.”


FONTE Marcel Horowitz / Rádio Guaíba