Governo do RS anuncia chamamento de 1,7 mil novos servidores da segurança; veja o cronograma

1635

O reforço representa investimento estimado em R$ 483,2 milhões até o fim de 2026

GZH

O governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite anunciou o chamamento de 1.798 novos servidores para a Segurança Pública do Estado. O cronograma foi detalhado em transmissão ao vivo no Instagram na tarde desta quarta-feira (28). Esse reforço no efetivo representa investimento estimado em R$ 483,2 milhões até o fim de 2026.

De acordo com o governador, serão incorporados servidores na Brigada Militar (BM), na Polícia Civil, na Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e no Corpo de Bombeiros Militar. 

Com essas nomeações, Leite afirma que o Estado deve alcançar o maior efetivo das forças de segurança na última década.

Veja o calendário dos chamamentos

Fevereiro 

  • Corpo de Bombeiros: cem soldados (praças)
  • Brigada Militar: 51 oficiais 

Março

  • Susepe: 144 agentes penitenciários, 113 agentes penitenciários administrativos e 211 técnicos superiores

Abril

  • Brigada Militar: 550 soldados

Agosto

  • Polícia Civil: 42 delegados
  • Corpo de Bombeiros: 20 oficiais 

Outubro

  • Brigada Militar: 567 soldados