Nova tabela de subsídio não é justa!

14321

O Governador Eduardo Leite em atitude totalmente contrária ao que pregou durante sua campanha (diálogo com categorias antes de qualquer proposta) desconsidera e desrespeita as representações classistas da Brigada Militar e dos Bombeiros Militares, divulgando via imprensa uma nova tabela de subsídios, sem antes ter qualquer diálogo com essas categorias. Nunca houve tal diálogo de forma objetiva, sempre sentou à mesa de negociações por parte do governo pessoas que desconhecem a realidade do estado e as características de cada carreira de servidores, principalmente da segurança pública e suas especificidades.

A nova matriz apresentada trouxe algumas mudanças de valores, porém muito aquém do que representa o soldo atual dos integrantes da Brigada Militar. Desrespeita norma vigente que garante a VERTICALIDADE dentro das instituições.

Dizer que não haverá redução de salários é uma falácia, quando não garante claramente que parcelas autônomas terão reajustes, na prática qualquer reajuste que virá daqui para frente será bancado pelo próprio servidor, descontando de sua parcela autônoma

Além de criar absurdamente QUATRO níveis de soldado, o que propositalmente barra a ascensão profissional destes servidores, obrigando a ficarem praticamente 20 anos num mesmo posto.

O Governo de Eduardo Leite está jogando para a Assembleia Legislativa a responsabilidade que é sua, numa clara demonstração do famoso” vou pagar para ver”. As entidades e as categorias que representam, NÃO ACEITARÃO passivamente esse desrespeito com quem arrisca sua vida para colocar a segurança pública do Rio Grande do Sul nos patamares aceitáveis, que hoje se encontra.