Advogado garante: Policiais militares podem fazer greve!

26

10 perguntas para quem insiste em fechar os olhos ao óbvio.

O Brasil se vangloria de ser um país ‘democrático’, defensor dos direitos igualitários e inimigo ferrenho dos atos ditatoriais, mas na hora em que se depara com uma ameaça de greve na Polícia Militar, logo bate saudade da ditadura e exclama: “Os PMs não podem fazer greve! Isso é crime!”

Há controvérsias. O advogado e professor universitário Tácito Alves garante [no vídeo abaixo] que os policiais militares podem, sim, exercer seu sagrado direito de movimento grevista.

Todos os detalhes você irá conferir quando assistir ao vídeo. De nossa parte, gostaríamos apenas de fazer algumas perguntas a quem ainda insiste em fazer do PM um ser sem vida, sem sentimento, sem valor humano.

 

 

1. O que é dignidade da pessoa humana?

2. O salário de um policial é suficiente para garantir a segurança dele e, principalmente, a sua?

3. Como manter o controle emocional quando se trabalha em condições desumanas?

4. Carga horária exaustiva influencia no mau atendimento ao cidadão?

5. Alguém sabe dizer se existem pressões, ameaças e assédio moral dentro de delegacias, presídios e batalhões contras seus respectivos funcionários subalternos?

6. Você tem certeza que quer homens armados nas ruas que vivam diuturnamente sob as circunstancias relatadas acima?

7. Quem ganha mais quando se investe nos servidor público, ele mesmo ou a sociedade?

8. Até quando você quer adiar as medidas necessárias a serem tomadas, enquanto seu país, seu estado, sua cidade e seu bairro mergulham na criminalidade?

9. Qual o perfil de profissionais da segurança que queremos – e precisamos! – para lidar com a sociedade?

10. Direitos Humanos: toc… toc… toc… Tem alguém aí?…
 

 

Redação/ParaibaemQAP