Major Fábio nega candidatura e avisa: Se proposta não vier, irei à praça sozinho!

35

Oficial afirma que aguarda resposta do governo acerca da proposta salarial e lamenta ‘pouco apoio na praça’, e

Recentemente, surgiram rumores de que o suplente de deputado federal Major Fábio seria candidato a vereador em João Pessoa, nas eleições 2012.

Nessa quarta-feira (19), porém, em redes sociais, o major garantiu que a informação não passa de boatos. “Desde o início do ano que venho dizendo: não serei candidato a vereador!”, disse Fábio, desejando sorte aos policiais militares que irão lançar seus nomes no pleito.

O major falou ainda da última reunião entre os representantes da segurança pública e a secretária de Administração do governo, Livânia Farias. Ela teria prometido “ligar o mais rápido possível’ para informar a contraproposta acerca das reivindicações salariais, mas, segundo o major Fábio, o contato ainda não foi feito.

– A secretária disse “daqui para sexta-feira ligarei para vocês”. Até hoje estamos esperando! E sinceramente, acho que muitos oficiais, principalmente aqueles que foram promovidos, estão satisfeitos com a atual situação – declarou.

‘Antenados’

Fábio disse que deverá conversar com o coronel Francisco, para fazerem uma espécie de ‘cobrança’ à secretária Livânia, acerca da reposta que o governo daria sobre a proposta.

‘Escaldados’

Ainda em sua postagem, Major Fábio lembrou que durante a reunião com a secretária, o comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves, revelou o sentimento da tropa diante de toda essa situação. “A tropa não quer mais esperanças, e sim algo concreto”, disse o coronel, segundo o major.

Abandonados’

Um sentimento de ‘solidão’ foi o que saiu das últimas palavras do maior representante que a Polícia Militar da Paraíba teve na sua história recente, do ponto de vista político. “Fizemos aquele movimento, e muitos aqui sequer foram à praça. Sou testemunha, cheguei na praça várias vezes e não contei 20 policiais”, lamentou o major.

‘Avisados’

Por fim, o oficial da PM deixou um recado que pode ser o anúncio de mais um movimento de policiais na Paraíba. “Se o governo não anunciar nada nos próximos dias, eu irei fazer um movimento nem que seja sozinho! Pode esperar.”

 

ParaibaemQAP