Agentes pedem equiparação

42

Os agentes da Polícia Civil querem a verticalidade nos salários. Segundo o presidente da Ugeirm, Isaac Ortiz, a categoria não admite que só delegados tenham equiparação com os procuradores. “Se os delegados ganharem a equiparação e nós não, no outro dia entramos em greve”, disse Ortiz, que quer agendar reunião esta semana com Carlos Pestana, chefe da Casa Civil.

Asdep reitera reivindicações

O presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul, Wilson Müller Rodrigues, contestou as afirmações feitas pelo presidente da Apergs, Telmo Lemos Filho, sobre a política remuneratória que envolve a categoria.

De acordo com Müller, os delegados não buscam equiparação salarial e sim o realinhamento com as demais carreiras jurídicas do poder Executivo, com base em diversas e reiteradas decisões do STF e no próprio texto constitucional vigente.

O dirigente ressaltou que também é esta a razão invocada pelos procuradores do Estado para buscar a mesma remuneração de juízes e promotores de Justiça. Wilson Müller destacou que a atividade do delegado de Polícia é essencial à Justiça.

Correio do Povo