PM do Rio coloca batalhões em prontidão na véspera da greve

40

A Polícia Militar do Rio de Janeiro anunciou regime de prontidão em seus batalhões dia 9 de fevereiro, na véspera do começo da Operação Verão. A decisão foi repudiada pelos policiais militares, que vêem na atitude uma tentativa de desarticular a greve, programada para começar no dia 10.

Obrigação

De acordo com a lei, nenhum militar do estado pode se recusar a cumprir uma determinação superior e a negativa dos policiais em acatar à mudança pode colocá-los em prisão administrativa.

Jornal do Brasil

Jorge Lourenço