BM planeja investir em alta tecnologia

64

A Brigada Militar mira na alta tecnologia para combater a violência nos próximos anos. Em busca da modernização, sobretudo na área de armas não letais, o subcomandante geral da corporação, coronel Silanus Mello, participou da 11ª Conferência de Segurança Pública para a América do Sul da International Association of Chiefs of Police (IACP) e da Interseg — Feira Internacional de Tecnologia, Serviços e Produtos para a Segurança Pública, realizados em São Paulo. Na IACP, o tema abordado foi o “Policiamento contemporâneo no século XXI: Planejamento e Estratégia por Modelos de Policiamento”.

Durante o encontro da IACP, em contato com outras instituições policiais do país, Silanus Mello constatou que o planejamento para a Copa do Mundo de 2014 terá de ser reformulado. A preocupação com a segurança dos turistas e torcedores, além da prevenção de atos terroristas, já não será suficiente. De acordo com ele, as autoridades da segurança pública devem refazer suas estratégias devido a um possível recrudescimento dos protestos de rua contra a Copa até o próximo ano. A intensificação dos movimentos, com as forças policiais tornando-se também alvos de ataques, faz com que a reequipagem tecnológica seja prioritária.

Na Interseg, Silanus conheceu novos equipamentos para a área da segurança pública, em especial aqueles empregados nos controles de distúrbios civis. Destacou o canhão de som, apresentado no estande da Condor Tecnologias Não Letais, do Rio de Janeiro. Conforme o fabricante, o equipamento, para longas distâncias, alerta sobre as ações que a força policial adotará e ajuda a evitar a aproximação e o confronto físico com manifestantes. “Ele emite um som direcionado e insuportável que obriga a pessoa a se afastar”, resume o oficial.

Fonte Correio do Povo

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

Canhão de som ajuda a Polícia a controlar distúrbios de ruas
Canhão de som ajuda a Polícia a controlar distúrbios de ruas