Protesto de policiais em Caxias do Sul fecha BR 116 por uma hora

52

Policiais protestaram contra morte de colegas no fim de semana na região metropolitana | Foto: Divulgação / CP
Policiais protestaram contra morte de colegas no fim de semana na região metropolitana | Foto: Divulgação / CP

Manifestação foi motivada pela morte de dois policiais na região metropolitana de Porto Alegre

Cerca de cem policias civis e militares fizeram um protesto bloqueando o quilômetro 150 da BR 116, em Caxias do Sul, na Serra. A manifestação era contra a morte de dois PMs, no fim de semana, em Cachoeirinha e Gravataí, na região Metropolitana.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o trecho, que era liberado a cada 15 minutos, causou cerca de um quilômetro de extensão. Uma hora após o início da manifestação ocorreu a liberação total da pista. 

No domingo, policiais civis e militares realizaram um protesto na freeway, em Gravataí. Depois de uma negociação com a PRF de 20 minutos, a manifestação foi encerrada. 

Violência contra policiais

No sábado à tarde, Sílvio Rodrigo dos Santos, de 38 anos, que tinha sido promovido a sargento da Brigada Militar no início de novembro, foi morto na frente da sua casa, no bairro Cohab C, Parada 74, em Gravataí. Ele foi atingido com dois tiros. 

Neste domingo, o soldado da BM Rosvel Jesus Dendena, de 44 anos, morreu neste domingo em Cachoeirinha, após levar um tiro quando tentava reagir a uma tentativa de assalto ao veículo que conduzia na rua Osório Corrêa. Dois indivíduos armados anunciaram o assalto e, quando Dendena, que não estava fardado, tentou sacar a arma para reagir, levou um tiro no peito.

Correio do Povo e Rádio Guaíba