17093942Ugeirm já pediu encontro com o secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini

Após se reunir com o secretariado, domingo, no Palácio Piratini, o governador José Ivo Sartori (PMDB) deve assinar, na segunda-feira, um novo decreto considerado ”fulminante” por setores do funcionalismo público. Na área da segurança, sindicalistas afirmam que a categoria da Polícia Civil, por exemplo, está instável. O medo é em função de comentários que apontam represa de promoções e até mesmo cortes nos salários. O Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores da Polícia Civil (Ugeirm) já pediu encontro com o secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini, para saber sobre a veracidade da medida.

O secretário da Fazenda, Giovani Feltes (PMDB), já havia alertado que, além do decreto atrasando pagamentos de dívidas da gestão anterior e limitando gastos públicos na administração, “outras consequências duras irão advir”, a fim de sanar o desequilíbrio financeiro do Estado.
Fonte:Voltaire Porto / Rádio Guaíba

Deixe um comentário