Presidente ASSTBM participa da posse da diretoria reeleita da ABAMF

82

11138554_908205959237134_1366784171190386001_nA posse da Diretoria Executiva, conselheiros e presidentes de Regionais, realizada na tarde de 6 de abril, foi prestigiada por autoridades municipais e estaduais dos três poderes do RS. Também se fizeram presentes representantes das associações dos cabos e soldados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás. Além dos integrantes da Família Brigadiana.

Os discursos foram curtos resumindo-se aos parabéns em muitos casos, mas o discurso de presidente da ABAMF e do presidente da ASSTBM, colocaram um pouco de emoção mais forte na cerimônia, pois atingiram diretamente o presidente da Assembleia Legislativa, Edson Brum, que estava compondo a mesa diretora dos trabalhos.

O primeiro a falar foi Aparício Santellano(ASSTBM). ” A vontade da maioria colocou Lucas e Paim aqui”, disse.  Em seguida, brasou; “os brigadianos não irão aceitar calote”, referindo-se aos boatos do não pagamento dos reajustes já acertados.

Leonel Lucas brincou com a situação; “o Santellano roubou o meu discurso”.  Mas, após dirigiu-se respeitosamente a Edson Brum, reconhecendo as vezes em que ajudou a categoria. ” Nós continuamos sendo o pior salário do Brasil e o governo ainda quer atrasar o salário. No ano passado foram feitos 900 pedidos de aposentadoria. em 2015 já foram 1,2 mil, em apenas três meses, a não há manifestação alguma do governo gaúcho com relação ao assunto. Se não pagar o que nós já conquistamos, vamos parar o RS”. E obteve apoio de todos os brigadianos presentes.

Depois, o clima de festa retornou. Emocionado, o presidente da ABAMF agradeceu a esposa e aos filhos pela compreensão das muitas ausências que tem no lar, em razão de compromissos de trabalho. Leonel Lucas destacou que o mandato será de muita atividade. ” Nós vamos precisar de todos, por que o patinho feio do atual governo está sendo a segurança pública.

Antes do encerramento, foi feito um minuto de silêncio em homenagem aos brigadianos que tombaram. Em seguida todos rezaram Pai Nosso.

No final um coquetel deu as boas vindas ao novo mandato na ABAMF.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF

180882_G