A BM e o GreNal.

38

Brigadiano é um servidor em extinção.

Os que não morrem em serviço, morrem à míngua.

Com o novo governo estadual, a BM teve que reduzir em 40% as horas extras.

Sem efetivo e sem horas extras, ficamos entregue à própria sorte, certo? Errado.

Ficamos entregues ao azar, à sorte dos marginais.

Estava acertado que o GreNal da Arena receberia 5,5 colorados, contando o espaço da zona mista.
Houve desacerto no acertado: só há policial suficiente para garantir 3,5 mil. A Brigada Militar deu o seu recado: como está, não dá!

Estou com a BM e não abro.

O governo só lembra da BM quando precisa resguardar sua imagem.

Foi assim na Copa, a última vez que vi brigadianos na rua.

 

Fonte: Hiltor Mombach em 21 de abril de 2015 – Esportes

Jornal Correio do Povo

Postado por Comunicação DEE ASSTBM