Filha de policial protocola denúncia por crime de responsabilidade contra Sartori

102

Letícia lembra que o Estado não pagou nem mesmo o valor referente ao salário mínimo na primeira parcela

A advogada Letícia de Souza Furtado protocolou, na manhã desta terça-feira, na Assembleia Legislativa gaúcha, uma denúncia por crime de responsabilidade contra o governador do Estado, José Ivo Sartori (PMDB). Letícia é filha de um agente da Polícia Civil que teve o salário parcelado, como os demais servidores estaduais, recebendo R$ 600 de pagamento ontem.

Nas cinco páginas da denúncia, Letícia elenca três motivos para a denúncia: o descumprimento das ordens judiciais obrigando o Estado a pagar em dia os servidores públicos; o descumprimento de direitos sociais, pelo fato de o Estado não pagar nem mesmo o valor referente ao salário mínimo; e a falta de decoro com o cargo.

No texto, a advogada sustenta que “o modo de proceder é incompatível com a honra, decoro e dignidade próprias do cargo ocupado”. Ela fala ainda que “alega-se insuficiência de verbas desde o início do mandato: isso, no entanto, não impediu que o chefe do executivo estadual reajustasse o próprio subsídio”.

Fonte: Rádio Guaiba

Postado por Comun icação DEE ASSTBMimagemnotas