A voz da segurança na Tribuna Popular

74

Com apoio de significativo número de Servidores de Nível médio da Brigada Militar, as associações ASSTBM e ABAMFº, representadas pelos Presidentes André Luis Pereira e Jansen Nogueira, se manifestaram no espaço Tribuna Popular da Câmara de Vereadores de Santana do Livramento com objetivo de sensibilizar os Vereadores quanto a nocividade da Proposta de Emenda a Constituição nº 251/16, que retira direitos fundamentais dos Servidores, mudando a forma de contagem de tempo de serviço para inatividade e termina com a paridade salarial entre ativos, inativos e pensionistas. Na oportunidade, alem de alertar sobre as conseqüências da PEC 251, os representantes das Entidades representativas explanaram uma série de dados que justificam a grave crise de segurança que assola o Estado e que vem atingindo não só a população, mas, principalmente, os trabalhadores da Segurança Publica, com medidas equivocadas, algumas ilegais, que apenas contribuem para sobrecarregar e desmotivar os servidores. Entre os itens apresentados estão atraso e parcelamento de salários, aumento da criminalidade, com enfoque para  falta de efetivo e a conseqüente insegurança para os próprios Policiais no cumprimento de suas atribuições. Conforme o que foi repassado pelos representantes das Associações aos Vereadores e para a comunidade, com referencia pontual a Brigada Militar, a corporação apresenta hoje a maior defasagem de efetivo de sua história chegando a uma preocupante porcentagem de 59%, contrariando os números colocados pelo Governo do Estado. Complementaram os dados dizendo que aproximadamente 3 mil Policiais estariam encaminhando solicitação de transferência para a reserva e que outros três mil estariam desempenhando serviços administrativos, deixando um ambiente de extrema preocupação entre os Parlamentares que se mostraram solidários a mobilização. A explanação sobre a real situação da segurança, o desaparelhamento das instituições e o tratamento dispensado aos servidores pelo Governo Estadual que, segundo as associações, é de descaso e criminoso, gerou uma proposta de Moção de Repudio á PEC 251/16, que será assinada por todos os Vereadores e enviada individualmente aos Deputados Estaduais.  Entre os presentes, foi sentida ausência da principal liderança representativa do Governo Estadual na Câmara de Vereadores, que, talvez, não tenha dimensionado a importância de tão relevante manifestação.  Conforme os Dirigentes, este é apenas o inicio de uma longa caminhada conjunta entre todos os segmentos do funcionalismo em busca do reconhecimento, valorização e preservação dos direitos de todos os trabalhadores, principalmente os da área de segurança Publica do Estado do Rio Grande do Sul. Os Diretores de ambas as entidades esclareceram que novas mobilizações já estão agendadas, entre estas, recepção aos Políticos que visitarem Santana do Livramento e um trabalho de conscientização juntos as Associações de Bairros.

Texto e fotos cedidos pela ASSTBM Regional Livramento

A voz da segurança na tribuna1 A voz da segurança na tribuna2 A voz da segurança na tribuna3 A voz da segurança na tribuna4 A voz da segurança na tribuna5