O SUL: 

Da Redação

Jeferson Fernandes | Foto: Filipe Castilhos/Sul21

O deputado estadual Jeferson Fernandes (PT) publicou neste sábado um vídeo em seu perfil de Facebook em que afirma que o governador José Ivo Sartori (PMDB) utilizará as negociações com o presidente Michel Temer (PMDB) para suspensão do pagamento da dívida com a União para promover sua agenda de privatizações e retirada de direitos dos servidores estaduais.

“(Sartori) está vindo com uma conversinha de que o governo Temer vai pressionar e só aceitará a renegociação da dívida com a União se ele inclusive privatizar a companhia de Saneamento [Corsan]”, afirma o deputado.

Fernandes cita como exemplo do que pode vir a ser proposto no RS o acordo que está sendo firmado entre o governo federal e Estado do Rio de Janeiro, que deve se comprometer a privatizar a empresa estatal de Saneamento e também a reduzir carga horário e salários dos servidores estaduais.

“Não aceitaremos aqui no Estado, assim como fizemos no final do ano, e tenho a plena convicção de que, se os movimentos estiverem em alerta como estiveram, o governo não vai conseguir base parlamentar suficiente para aprovar as suas medidas”, prossegue.

A votação do pacote de ajuste fiscal do governo Sartori, iniciada no final de dezembro, deverá ser retomada em fevereiro, segundo confirmou no Twitter esta semana o líder do governo na Assembleia Legislativa, Gabriel Souza (PMDB). Um dos projetos a ser votado é o que retira a obrigatoriedade de plebiscito para a privatização da CEEE, Sulgás e CRM.

Tags: , , ,

Deixe um comentário