Mobilização de servidores faz governo adiar votação do pacote de ajustes

6

Nesta manhã ( 07/02), após mobilização de servidores e entidades, o pacote de ajuste fiscal do Governo Sartori, onde apenas os servidores do executivo pagam a conta pela má administração dos recursos públicos, foi mais uma vez adiado. Nossas entidades permanecem em estado de alerta, e em permanente contato com deputados e lideres de bancadas para barrar estas propostas, que não resolvem os problemas financeiros do estado e apenas desestruturam o já sucateado serviço público, prejudicando principalmente os servidores da Segurança Pública. Representaram a ASSTBM neste ato, os diretores Dagoberto Valteman e Aline Venturini.