Piora estado de saúde de sargento baleado na coluna ao tentar evitar assalto em Porto Alegre

16

PM da reserva voltou a correr risco de ficar paraplégico

Após ter registrado ligeira melhora, o sargento da reserva da Brigada Militar Jair Fernando Brum dos Santos, baleado na coluna cervical, voltou a ter quadro de saúde agravado no fim da tarde desta sexta-feira, em Porto Alegre. Pela manhã, a equipe médica ventilou, inclusive, a possibilidade de ele sair do coma induzido, mas houve reversão do quadro, horas depois. Familiares do sargento temem a possibilidade de ele ficar paraplégico, diagnóstico que havia sido rechaçado de forma preliminar pela equipe médica.

O sargento permanece internado em estado grave no Hospital Cristo Redentor. O PM foi baleado, nessa terça-feira, em meio a um assalto no bairro Santa Maria Goretti, na zona Norte da Capital.

Conforme a Polícia Civil, Brum conseguiu render um bandido, mas foi surpreendido por um segundo, que, pelas costas, atirou contra o policial. Uma mulher era o alvo inicial. Os assaltantes queriam o Ford Ka vermelho que ela dirigia. O sargento, à paisana, trocou tiros com a dupla.

Santos foi encaminhado em estado gravíssimo para o Cristo Redentor. A mulher também foi ferida nas costas e levada para atendimento. Um dos bandidos pode ter sido atingido no rosto. Os dois fugiram com o carro, abandonado em seguida na avenida dos Gaúchos, junto à esquina com a Assis Brasil.

Sargento precisa de doadores de sangue

O sargento da reserva precisa de doadores de sangue, com urgência, e de qualquer tipo. Os doadores podem se dirigir ao Banco de Sangue Hospital Conceição, que funciona das 7h30min às 17h, de segunda a sexta-feira.

Fonte:Rádio Guaíba