Confira a síntese da Reforma da Previdência para Militares apresentada hoje à equipe econômica

2421

Nesta Sexta-feira (15 março) foi apresentada a proposta de reforma dos militares pelo comando das Forças Armadas à equipe econômica e responsável pelas mudanças.

Confira a síntese do que foi apresentado:

Tempo de Serviço

Tempo mínimo de contribuição: passa de 30 para 35 anos para quem ingressar na carreira depois da aprovação do projeto. . Está proposto um pedágio de 15% a 20% , dependendo do quanto falta para entrar na reserva. para os atuais servidores, como uma regra de transição.

Alíquotas

As alíquotas vão de 7,5% para 10,5% em 3 anos (alta de um ponto percentual por ano). Lembramos que nós Policiais militares do RS já pagamos 14% e esta taxação tem previsão constitucional garantida, dificilmente teremos redução deste percentual

» Pensões: passam a ser taxadas em 10,5% 

Paridade e Integralidade de Salários entre Ativos e Inativos

ficam mantida a PARIDADE e INTEGRALIDADE entre ativos e inativos

Pontos que aguardam proposta final em 20 de Março

1 – A regra de transição de forma objetiva;

2 Os estados terão que aplicar taxativamente a mesma regra dos Militares das FFAA, inclusive alíquotas?

3- Haverá uma reestruturação de carreira padronizando TODAS as forças auxiliares?