ASSTBM participa de audiência pública para tratar sobre o IPE saúde.

502


Na tarde de segunda-feira 13 de maio a ASSTBM representada pelo seu presidente estadual Aparício Santellano participou de audiência pública na Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul com a finalidade de discutir o abandono do Ipe Saúde por parte do Estado. Convém salientar que a ASSTBM é signatária de juntamente com a ABAMF e FESSERGS. O Ipe Saúde criado pela lei 15.144 de 2018 e com um orçamento anual superior a 2 bilhões continua totalmente abandonado, inclusive sem a nomeação do grupo diretivo ou constituição do quadro de funcionários, contrariando a lei da sua criação que determina em seu artigo 30. Tal nomeação em 180 dias. Os servidores fizeram uso da expediente audiência pública para alertar sobre tal situação, também falaram sobre atraso nos repasses, falta de profissionais de saúde, fechamento de postos de atendimento no interior e valores restituídos nos pagamentos de anestesia para diversos procedimentos, muitas vezes inferiores a 20%. Santellano usou a palavra saudando os presentes agradecendo pela iniciativa e também conclamou todas as entidades e servidores para tomar uma atitude e de repente dar as mãos criando uma unidade, aparar possíveis arestas entre as representações ir para a frente do Ipe e batalhar pela recuperação do Instituto. Acompanharam Santellano os diretores Agra, Clésio, Disneie Dagoberto.

Nos encaminhamentos a decisão foi de todas as entidades se fazerem presentes em reunião com o Chefe da Casa Civil no dia 14 para levar ao conhecimento do mesmo tal situação