Servidores movimentam a fronteira da Paz

1343

A Diretoria da ASSTBM e Brigadianos ativos e inativos de Sant´Ana do Livramento e região, na tarde de 22 de Novembro, participaram de uma das maiores manifestações do interior do Estado, ato unificado que envolveu Professores, Policiais Civis, IGP, pensionistas e outras categorias, contra o projeto que está “sendo imposto” pelo governador Eduardo Leite e que, pelos prejuízos que acarretará aos servidores e população, está sendo denominado de pacote de maldades.

No contrafluxo do retrocesso

O ato, conforme os organizadores, constou de uma simbólica caminhada no contrafluxo da Rua dos Andradas, representando o retrocesso das medidas propostas pelo Governo do Estado que redundarão em sucateamento da máquina, precarizando os serviços essenciais nas áreas de segurança, saúde e educação, obrigação que a administração pública tem para, com os contribuintes.

O eco de repudio ultrapassou a fronteira

No cruzamento das Ruas Andradas com Av Tamandaré, conhecida como esquina Democrática, blocos de concreto utilizados para impedir ou orientar o trânsito de automóveis, de forma improvisada, foram usados como palanque pelas lideranças e servidores, que soltaram a voz e fizeram ultrapassar a fronteira, alertando a sociedade Gaúcha, o eco de insatisfação e repudio aos atos do Governador do Estado, que conta com apoio da maioria dos Deputados Estaduais.

Pacote da incerteza

O pacote apresentado pelo Governador Eduardo Leite, contendo um Projeto de Emenda á Constituição, seis projetos de leis complementares e um projeto de lei, segundo avaliação unânime das lideranças, não somente irão suprimir direitos, como causará sérios problemas nas questões providenciarias e de assistência, medidas que atingirão de forma temerária integrantes da Brigada Militar, Policia Civil, Susepe e IGP, o que deverá gerar desmotivação, incertezas e consequentes prejuízos ao serviço prestado a população.

Lideranças na fronteira da Paz

Entre as lideranças da área da Segurança Publica que participaram do ato estiveram o Presidente Estadual da ASSTBM, Aparicio Costa Santellano, Presidente Estadual da UGEIRM, Isaac Ortiz, Presidente da ASSTBM Regional Livramento, André Luis Fernandes Pereira, Presidente da ABAMFº Regional Livramento, José Paulo Chaves e Diretor de Assuntos Políticos da Executiva Estadual, Ricardo Mauro Agra, que deixaram como mensagem que a união em torno da causa deve continuar e, a contagiante mobilização realizada em Livramento, foi apenas uma prévia para o grande ato que deverá acontecer dia 5 de Dezembro em Porto Alegre.

Dpto de Comunicação da ASSTBM / Livramento