BM forma 706 novos sargentos que foram promovidos durante a solenidade

3

A Brigada Militar realizou nesta quarta-feira (22/12) a cerimônia de formatura do Curso Técnico de Segurança Pública (CTSP), na Academia de Polícia Militar (APM), na Capital, com 246 alunos, e em outros sete municípios do Estado, totalizando 706 alunos, agora habilitados a assumir o cargo de 2° sargento. Os servidores foram tiveram suas promoções assinadas no ato pelo governador Eduardo Leite, que participou da solenidade na Capital.

“Neste momento eu só posso registrar minha profunda gratidão aos senhores, que se dedicaram à vocação de proteger a sociedade gaúcha. Quero agradecer também às famílias, que representam a base necessária que estes militares precisam para desempenhar suas funções e se qualificarem cada vez mais como profissionais da Segurança”, disse o governador.

O CTSP, que habilita soldados e 3° sargentos ao cargo de 2º sargento, começou no final de agosto de 2021. Os 706 alunos – 651 homens e 55 mulheres -, completaram 670 horas-aula, com disciplinas de Técnicas de ensino, Direitos Humanos, Direito Penal Militar, Análise Criminal, Estágio operacional, entre outras. O curso foi supervisionado pelo Departamento de Ensino e coordenado pela Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Sargentos – EsFAS. O 2º sargento Carlos Alexandre Lopes da Silva foi o primeiro colocado no curso, com média final 10, e recebeu das mãos do governador a medalha Coronel Massot e, da sua madrinha, a divisa que simboliza o avanço para seu novo posto na corporação.

O CTSP tem o objetivo de habilitar o policial militar para o desempenho das funções de sargento, dando-lhe o conhecimento teórico que o qualifique para o correto exercício da função, aliando os conhecimentos profissionais adquiridos pela experiência na BM aos saberes acadêmicos proporcionados pelo curso. A qualificação busca promover uma polícia cidadã voltada para a prestação do serviço de segurança pública com qualidade, norteada pelo princípio Estado Democrático de Direito.

“Quero hoje demonstrar meu contentamento por estarmos aqui realizando mais uma formatura. É importante dizer que o projeto de modernização das carreiras da Brigada Militar, que está em apreciação na Assembleia, é muito importante para que essas solenidades sejam anuais e possibilitem o real e continuo avanço dos policiais militares”, disse o vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior.

A turma formada nesta quarta-feira (22/12) é a primeira de três previstas, que irão totalizar 2.100 vagas abertas no chamamento autorizado neste ano. O preenchimento das vagas seguiu o critério de 50% por antiguidade na corporação e 50% por merecimento, que consistiu na aplicação de uma prova para todos os candidatos.

Em virtude da pandemia de coronavírus e de estarem sendo realizados outros cursos de formação de forma simultânea, a capacitação dos novos sargentos se deu em formato híbrido. Os alunos cursaram as disciplinas teóricas na modalidade de Ensino à Distância, complementando a certificação com as aulas práticas presenciais.

“A qualificação contínua e gradual se tornou uma realidade na nossa corporação e, neste sentido, quero agradecer ao Estado que tem nos proporcionado esses avanços, pois sabemos que o investimento mais importante que podemos fazer é o investimento na tropa, que atende a população, que executa o policiamento. Aos novos sargentos, quero dedicar meu orgulho pelo empenho na qualificação, a função de sargento é essencial na cadeia de comando da Brigada Militar e os senhores fazem parte deste elo agora. Se mantenham firmes e estejam sempre atentos”, afirmou o comandante-geral, coronel Vanius Cesar Santarosa.

Texto: Lurdinha Matos/SSP

Edição: Ascom//SSP

A ASSTBM esteve presente no evento, na figura do Presidente Aparício Costa Santellano e do Diretor de assuntos políticos Ricardo Agra, e parabeniza os agora Sargentos da Brigada Militar, desejamos muito sucesso a todos.